Pré-Agendar Consulta













Hospitais de Atendimentos

Hospital de Olhos Limongi

Consulta agendada com sucesso!

Houve um erro ao enviar seu agendamento.

Blog

17 JAN

Tire suas principais dúvidas sobre a Blefaroplastia


A blefaroplastia é um dos procedimentos mais procurados para trazer de volta a jovialidade e a leveza no semblante dos pacientes que já sentem os efeitos da idade, e embora seja um tipo de tratamento muito realizado no mundo da oculoplástica, existem algumas dúvidas que impedem algumas pessoas de realizá-lo por terem algum tipo de receio.

Hoje iremos responder os principais questionamentos referentes à cirurgia para te trazer o máximo de tranquilidade na hora de considerar fazê-la.

  • O que é a blefaroplastia?

Se trata do tratamento para remoção do excesso de pele e das bolsas de gordura que se acumulam sobre as pálpebras superior e inferior. Seu objetivo é fazer uma elevação do músculo e da gordura, subindo a maçã do rosto e minimizando os efeitos do “bigode chinês”.

  • Eu posso operar minhas pálpebras? Qual é a indicação?

À medida que envelhecemos, a pele das pálpebras tende a perder sua firmeza, assim como os músculos que sustentam os olhos. Algumas pessoas têm uma predisposição maior para o acúmulo de bolsas de gordura sob as pálpebras, e esse problema se intensifica com a diminuição do tônus muscular que normalmente assegura a firmeza dessas bolsas.

Com o passar do tempo, a combinação de musculatura flácida e excesso de pele resulta em pálpebras que se tornam pesadas e caídas. Essas mudanças podem manifestar-se em várias fases da vida e são influenciadas por fatores genéticos e hábitos pessoais. A blefaroplastia é recomendada para corrigir essas alterações.

  • Com que idade posso operar minhas pálpebras?

Não há uma idade específica considerada ideal, uma vez que essas alterações, embora mais comuns em pessoas mais idosas, podem manifestar-se em qualquer fase da vida. A decisão sobre a necessidade real do procedimento será determinada pelo médico, levando em conta as características individuais do paciente.

  • Como é realizada a anestesia na blefaroplastia?

A blefaroplastia geralmente é realizada com anestesia local assistida, que envolve sedação endovenosa com a supervisão de um médico anestesista durante todo o procedimento cirúrgico. 

Inicialmente, o anestesista realiza uma punção em uma veia para administrar um sedativo. Então, o anestésico é infiltrado diretamente na área a ser tratada, o que resulta na dormência das pálpebras e regiões adjacentes, proporcionando um estado de relaxamento ao paciente. 

  • Como é o pós-operatório?

Inicialmente, o paciente é mantido sob observação por um período determinado após a cirurgia para garantir uma recuperação adequada. Não são utilizados tampões ou curativos oclusivos, permitindo que o paciente possa enxergar normalmente após o procedimento.

A dor geralmente é mínima no pós-operatório, e no caso de necessidade, o médico pode prescrever analgésicos para ajudar a minimizar qualquer desconforto.

  • Fica alguma cicatriz após a blefaroplastia?

Como a cirurgia é feita através de incisões, dificilmente o paciente sairá dela sem nenhuma cicatriz. No entanto, se o procedimento for realizado através da Técnica SIM, criada pelo Prof. Dr. Roberto Limongi com um intuito de também trazer um resultado estético mais aprimorado, as cicatrizes são mínimas e praticamente imperceptíveis.

Ainda tem alguma dúvida sobre o procedimento? Entre em contato com o Dr. Roberto Limongi. O doutor é um renomado profissional com reconhecimento internacional na Oculoplástica e na oftalmologia e está de portas abertas para te auxiliar a recuperar a jovialidade e a leveza em seu olhar.

Postado por Prof. Dr. Roberto Limongi