Pré-Agendar Consulta













Hospitais de Atendimentos

Hospital de Olhos Limongi

CBCO (Centro Brasileiro de Cirurgia de Olhos)

Consulta agendada com sucesso!

Houve um erro ao enviar seu agendamento.

Blog

23 JUL

Retração palpebral


Caracterizada pelo deslocamento das pálpebras em direção ao rebordo ósseo correspondente, a retração palpebral ocorre quando a margem superior das pálpebras encontra-se a 2mm abaixo do limite entre a parte colorida e o branco do olho. 

 

As causas da condição podem ser de origem local, sistêmica ou do sistema nervoso central, e dentre as principais estão:

 

  • Estímulo simpático temporário;
  • Orbitopatia de Graves;
  • Sincinesia trigêmeo-oculomotor (síndrome de Marcus Gunn);
  • Compensação de ptose contralateral;
  • Blefaroplastias intempestivas com trauma dos retratores e excisão exagerada de gordura;
  • Trauma palpebral;

 

Existem alguns tratamentos para essa doença ocular, que variam de acordo com a gravidade do problema. Para casos leves, o uso de pomadas e colírios lubrificantes para amenizar os sintomas provocadas pela manifestação da córnea é o mais recomendado. Quando precisa ser tratada cirurgicamente, é realizado o enfraquecimento do músculo de Muller e/ou do músculo levantador da pálpebra superior. 

 

Entre as técnicas mais utilizadas estão o alongamento da aponeurose via anterior ou posterior e a mullerectomia via posterior, que não deixa cicatrizes visíveis na pele.

 

Caso você queira saber mais sobre esse assunto, procure um especialista ou entre em contato com o Prof. Dr. Roberto Limongi, referência em oftalmologia em Goiânia.

Postado por Prof. Dr. Roberto Limongi